domingo, 11 de janeiro de 2015

Desenhos que vão ajudar nas suas Tattoos (Se treinar, é claro!)

Olá, pessoal!
Otimo 2015 a todos e que com muitos estudos, nós consigamos estar sempre com um passo a frente.
Eu estava em casa pensando nos antigos "model-sheets" de quando eu comecei a estudar desenho. Isso há muitos anos. Eu tinha comigo guardado vários... da turma da monica à personagens da Marvel. Lembrando disso, comecei a criar algumas folhas para poder passar para meus alunos no Lado B Estudio que na maioria já tatuam mas que, assim como muitos, nunca viram folhas de model-sheet.
A idéia é simples; quanto mais se copia, em sua ordem, mais fácil fica e mais fácil vai se criando seu próprio estilo. Por isso, já deixo bem afirmado que essas folhas são apenas um pontapé para começar a se criar algo depois disso. Eu diria que são desenhos básicos, básicos... mas que podem se tornar incriveis obras se assim vocês quiserem.

Eu fiz uma ordem com cores e números. O numero 1 já está na cor que deve começar, o numero 2 na fase seguinte e assim por diante.

Nessa primeira folha,  eu quis mostrar alguns detalhes importantes para começar a criar uma cabeça de pinup e ainda acrescentei algumas informações importantes para olhos, boca e nariz.

Como eu disse anteriormente, não adianta apenas copiar, mas entender copiando. Quanto mais vezes fizer, melhor fica entendido e em pouco tempo, essas construções ficam fáceis para cada um criar seus próprios personagens.










Essa folha vai ajudar a criar suas rosas.
Podem ver que eu comecei com o número um (que lembra um ovo em azul) me concentrando apenas nas formas verdes (2) que são as primeiras pétalas e por ultimo, o azul (3).

Tenho certeza que depois que fizer algumas vezes, muita gente que tem problema em desenhar rosas, vai achar mais fácil, pelo menos pra começar a criar suas primeiras rosas.












Nessa folha, criei algumas pequenas composições de rosas. Em cima, dei ideia de algumas folhas que podem ser feitas.
Embaixo, fiz a construção da folha anterior e acrescentei folhas. Como dica, fiz um ponto no meio das rosas e puxei linhas de referencia pra fora delas, para colocar as folhas de modo mais harmônico. Como eu já disse,  são folhas que apenas vão dar um começo pra quem estiver perdido.












Esta folha é um complemento da primeira folha.
Tem algumas dicas de como pensar para se construir uma cabeça. Por exemplo: Um ponto importante é começar pelo "ovo", o formato principal da cabeça e depois sim, acrescentar os cabelos e até os elementos como olhos, nariz e boca.
















Essa folha é uma ideia de pequenas composições como a cabeça da pinup dentro da rosa que voces podem usar como referencia as folhas anteriores sobre rosas.

Na parte debaixo desta folha, tentei mostrar de forma bem básica, como começar a pensar a desenhar cabelos... começando pelas formas das mechas e depois acrescentar os fios. Sempre comece pelas formas, depois acrescente detalhes.










Nesta folha, um ótimo exercício. Começar pela forma da cabeça depois, criar as formas do cabelo e por ultimo desenhar os fios seguindo as formas que você criou.

Eu tentei desenhar de forma bem básica e didática. Claro que voces podem e devem procurar mais referencias para complementar os estudos mas jamais poderá deixar de estudar, diferente de desenhar todos os dias, o importante é ESTUDAR todos os dias.










Espero que ajude de alguma maneira a melhorar ou mesmo complementar os estudos dos seus próprios desenhos...
Um grande abraço a todos e vamos evoluir, 1% ao dia mas todos os dias!




Don Rodrigues Tattoo (11) 3051.3806
Lado B Estudio (11) 3476.1259

domingo, 21 de dezembro de 2014

Neo Traditional Tattoo Passo a Passo

O passo a passo que vou mostrar foi feito em um dos workshops que aconteceu no Lado B Estudio para alunos que estão começando. 
É uma aula de observação para que eu possa comentar do começo ao fim todos os passos. 

Nessa primeira foto, dá pra ver as variações das linhas. Trabalhei com duas máquinas para fazer as linhas, uma com 8RL aberta e outra com 5RL normal, sem abrir as agulhas.
Pra quem viu o ultimo post, eu demonstrei num pequeno video como abrir as agulhas e a importância de saber pra que serve as agulhas abertas.
Pra tatuar, eu costumo intercalar as máquinas ou seja, troco de maquina ao momento que eu preciso mudar a espessura das linhas. Como eu sempre começo a tatuar debaixo pra cima, eu uso a 8RL e quando preciso fazer uma linha fina, eu troco de máquina. Ao contrário do que muitos pensam que eu faço tudo com a mesma maquina e depois eu troco para fazer a segunda linha.
No círculo do fundo, eu usei um sumie bem claro.







Depois das linhas prontas, eu peguei uma terceira máquina com uma Magnum de 9 agulhas e fiz toda a sombra do pássaro, folhas e maquina, apenas usando o preto linha sem auxilio de qualquer diluente. Apenas usando a força da própria máquina e o peso da mão.
Eu já acompanhei várias cicatrizaçoes e é muito visível a diferença quando se usa diluente que deixa a tatuagem mais clara e com aspecto envelhecido ao invés de se usar apenas a tinta sem diluente nenhum, tinta pura alcançando os tons, os valores apenas com a força da máquina e mão. 










Com a mesma maquina que eu usei para fazer as sombras, usei para criar as cores da tatuagem.
O azul claro foi colocado em todo o pássaro, usando o branco real para criar uma variação do azul em pequenas partes.
Usei laranja pastel para o sol.
Para a máquina usei um ocre... chapado em toda a máquina e cinza para algumas peças.
Violeta claro para o fundo e o verde musgo usei amarelo misturado com o preto linha.


Foi uma tatuagem bem objetiva, aonde o volume de todo o trabalho eu consegui na fase anterior e para colorir não precisei me preocupar com a variação de tons.





Espero que este post ajude alguém. Caso tenham alguma dúvida por favor, perguntem, comentem pois esse blog fica muito mais interessante quando as pessoas participam.

Abraços a todos!
Vamos evoluir...1% ao dia mas todos os dias.


Para Tatuar com a gente:
Don Rodrigues Tattoo (11) 3051.3806

Para fazer cursos de Tattoo, Desenho, Pintura...
Lado B Estudio (11)  3476.1259



domingo, 14 de dezembro de 2014

Como Abrir as Agulhas de Linha

Olá, Pessoal!
Estou de volta para mostrar mais um passo a passo de uma tattoo que eu fiz num workshop realizado no Lado B Estudio.
Mas antes, gostaria de mostrar como eu abro as agulhas com um isqueiro.

Eu estou usando muito a 8RL da Super Sharp.... Mesmo assim eu gosto de abri-las para que fique um traço mais sólido, com menos chances de engrossar e afinar no mesmo trabalho.

Como exemplo eu fiz essa ilustração abaixo:
As agulhas geralmente veem como no exemplo "fechada". Mas quando "isqueiramos" as agulhas aonde tem a solda próxima as pontas, as agulhas abrem deixando mais espaço para reter mais tintas e ao mesmo tempo deixando uma linha menos imprecisa.


No video abaixo, notem que eu uso a chama azul que sai do isqueiro, pois se usar a amarela, as agulhas ficam escuras! Entao, a chama é a azul.
O tempo também é relativo, já que quanto mais agulhas, mais tempo com a chama e vice-versa. Eu costumo esquentar as agulhas, observo elas de frente, como na ilustração a cima e prestando atenção se elas se separaram pelo menos um pouco. Elas se separando já é o suficiente para que o traço fique mais espesso e ao mesmo tempo sólido.



Todas as minhas tatuagens que eu faço nesse estilo, eu abro minhas agulhas... todas mesmo.
Eu tambem gosto de usar uma agulha mais fina... entao eu sempre uso uma de 8RL isqueirada e outra com 5RL fechada ou mesmo 3RL fechada.
Incentivo a todos fazerem essa modificação nas agulhas principalmente para trabalhos tradicionais.


Proximo Post eu falo sobre mais um passo a passo usando inclusive essas agulhas abertas!

Abração a todos!!!
E vamos continuar estudando e evoluindo, 1% ao dia mas todos os dias!


Don Rodrigues Tattoo (11)3051.3806
Lado B Estudio (11)3476.1259



quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Tattoo/Con 2015







A segunda edição da Tattoo/Con está chegando, pessoal! Será realizada em abril de 2015 nos dias 3,4 e 5 (sexta, sábado e domingo).
Na primeira Tattoo/Con tivemos grandes artistas... Começou com o Posk (Buena Tinta-Espanha) ensinando como ele trabalha com seu estilo particular em Letras, no segundo dia tivemos Ganso Galvão (King 7 Tattoo - Brasil) Falando e mostrando na pele como ele faz um belo realismo e fechou com El Bara (True Love Tattoo - Espanha) Explicando como se faz uma verdadeira tatuagem Tradicional.
Foram 3 dias incríveis de muita informação, desenhos e tatuagens. Totalmente diferente de tudo que se realiza no Brasil, a Tattoo/Con vem para realmente ser algo singular. Quem participou aprovou o espaço que contou com profissionais de vídeo para que todos pudessem ver nas tvs a ponta da agulha enquanto o tatuador realizava seu trabalho.
Pra quem ainda nao viu, de uma olhada no vídeo da primeira edição:





Agora,  na próxima edição, contaremos com a presença de mais três incríveis artistas:

No dia 3 de abril de 2015:
NAZARENO TUBARO (XNAZAX) - BLACK WORK




No dia 4 de abril de 2015:
LED COULT - REALISMO




No dia 5 de abril de 2015:
VICTOR CHIL - NEW SCHOOL/GRAFFITI STYLE





Como podem ver, serão 3 dias de muita informação e que, com certeza, enriquecerá e complementará a todos que já trabalham com tatuagem.
A Tattoo/Con é feita para quem é sério na profissão, feita por pessoas sérias que respeitam e tratam a tatuagem como uma profissão que merece total atenção, compromisso e profissionalismo.
Deixamos bem claro que não somos contra todos esses worshops que estão sendo feitos a torto e a direita. Somo contras aos  tatuadores que mal tem experiência na própria tatuagem e menos ainda na parte de ensinar, visando apenas o lucro.
Peço que vejam o vídeo da ultima Tattoo/Con que aconteceu este ano e comparem a esses workshops que rolam por ai... queremos apenas o melhor para todos os profissionais que respeitam a arte. Por isso temos na historia do Lado B Estudio, Don Rodrigues e Tattoo/Con, somente nomes dos tatuadores que são considerados referencias e acreditam que nosso espaço é um lugar sério.

Quem quiser mais informações, ligue no Lado B Estudio (11) 3476.1259 ou pelo e-mail: contato@ladobestudio.com

Nos veremos por lá... vai valer muito apena!
Pensem sempre em evoluir... 1%por dia mas todos os dias!


até!

domingo, 14 de setembro de 2014

Dicas de como fazer sombras com sumie (Tattoo, Tatuagem)

Olá, gente! Tdo bem?! Espero q sim!

Eu fico contente pelo fato das pessoas estarem mais ativas no blog... fazendo suas perguntas e opinando. Sei q é mto dificil conseguir responder a todos mas na medida do possível vou postando algumas dicas que eu acho básico e fundamental para uma boa tatuagem.

Na postagem de hoje, falarei um pouco sobre as sombras com sumie, utilizando a mesma formula do post que eu falei sobre sumie para marcação.
Para quem tem pouca intimidade com este estilo ou mesmo para aqueles que não tem muita experiência, dá um certo nervosismo e insegurança na hora que está fazendo a tatuagem. Mas depois que se tem a experiência, tudo vai ficando mais claro.
Minha primeira experiencia com sombras feitas com sumie foi um desastre total! Achei que eu tinha escurecido demais e q tinha estragado a tatuagem do meu amigo. Orava todos os dias pedindo para que ele nunca mais aparecesse na minha casa mas depois de duas semanas ele voltou e para a minha surpresa, estava tudo muito claro... um alivio! Mas a tatuagem continuava feia.

Nesse exemplo ao lado, a vermelhidão da pele indica as áreas que vão ficar bem claras. É só pensar que, quanto mais escuro como nos cabelos, é porque o preto cobriu bem a pele e a vermelhidão não aparece, aonde está vermelho, é aonde tem o sumie bem claro. E, as áreas bem claras, são áreas que não tem pigmentação, por exemplo nos dentes e olhos que nesse caso, o brilho ou sensação do branco se dá pelo fato da pele estar aparecendo.
Eu ainda aconselho para quem não tem tanta experiência, fazer trabalhos pequenos e até em várias sessões, assim poderá ver o resultado daquilo que se fez na sessão anterior e determinar se pode ou não aumentar os valores das sombras nessa próxima sessão.






Notem como os tons mudam depois de cicatrizado

Mais um exemplo... Na primeira foto, a primeira sessão de um trabalho que eu fiz há um tempo atrás. Podem perceber a vermelhidão da pele, alguns tons bem escuros mas sempre sabendo que toda tatuagem perde um pouco após a cicatrização, por isso não podemos ter tanto medo assim se estiver o tom um pouco a cima do que queremos para o final.

Na segunda foto, depois de um mês, continuamos a sessão fazendo toda a parte de cima junto com os corvos. Podem reparar na caveira cicatrizada assim como a rosa. Tons claros e mais leve. Ja a parte de cima, toda avermelhada e novamente com os tons escuros, bem diferente da metade debaixo que cicatrizada, parece suave e homogênea.

Na terceira foto, toda a tatuagem praticamente cicatrizada depois de um mês. Todo homogêneo, suave e quem sabe ainda podendo mexer para aumentar alguns pequenos valores mas é importante se acostumar com esse tom escuro e avermelhado da pele durante o processo.

No vídeo abaixo, quis mostrar quantas vezes eu passo a máquina sobre a pele para poder ter valores iguais a esses trabalhos ai em cima. A máquina que eu estava usando era uma Micky Sharpz com 9 agulhas magnum. O sumie era o mesmo que eu mostrei no post sobre marcação com sumie. Um ponto importante é lembrar que quanto mais escuro, mais gotas dentro do batoque.



Vermelho da pele com sumie
Este é o trabalho que eu mostrei no video a cima. Foi a primeira sessão e ainda iremos fazer mais uma sessão para que possamos ver os valores que ficaram q até para saltar algumas sombras que possa ficar mais claro do que eu imaginava. Percebam novamente que no rosto está muito vermelho, foi uma área que eu usei muito mais água do que pigmento.
O legal mesmo é comprar batoques grandes ou médios, encher com a água com sabão que voces usam durante o processo de limpeza da tatuagem, encha esses batoques e pense assim:
-Um batoque cheio com água e sabão com duas gotas de preto linha.
-Um batoque cheio com água e sabão com quatro gotas de preto linha.
-Um batoque cheio com água e sabão com sete gotas de preto linha.
E assim por diante. Ah, a quantidade de preto linha dentro do batoque com água e sabão, é por conta de cada tatuador, isso vai muito da experiência de cada um por isso, a quantidade de preto é apenas uma sugestão que deverá ser testada com todo o cuidado.


Bom, espero que curta e comentem sobre o post... Como eu já disse, aos poucos vou mostrando e comentando várias outras dicas.
Vamos estudar e evoluir 1% ao dia mas todos os dias!

Grande  abraço a todos!

Don Rodrigues Tattoo (11) 3051.3806
Lado B Estudio (11) 3476.1259

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Neo Traditional Tattoo Passo a Passo

Nos outros posts perdidos, eu havia feito um especialmente falando um pouco a historia do estilo Neo Traditional...ainda pouco feito aqui no Brasil mas que na Europa já existe há mais de uma década.

Vou recuperar o texto e reposto futuramente sobre o assunto.

Vou descrever um pouco sobre essa tatuagem no estilo Neo Traditional que eu fiz em um workshop realizado no Lado B Estudio.
Nesse workshop eu divido em 3 partes:

-Linhas
-Sombras sem diluentes
-Cores sólidas

Tento deixar bem claro cada ponto da tatuagem pois é muito importante entendermos cada passo, dando muita atenção a fase do trabalho que estamos fazendo.

Antes de mais nada, a criação da idéia:
Nesse caso, a idéia passada foi apenas: Mulher e Tattoo.
Como o estilo permite o surrealismo, apenas coloquei uma maquina desproporcional na cabeça da mulher... procurei desenhar uma maquina antiga. A mulher lembra uma manequim e uma enorme rosa tatuada nela, sem acompanhar a morfologia do corpo dela. Ou seja, um desenho surrealista.
Aprovado o desenho, vamos a tattoo...











Depois de decalcado (depois eu faço um post apenas sobre os decalques), Fiz toda a linha desta tatuagem com 8RL aberta ou seja, "isqueirada"para que elas fiquem mais abertas. A rosa assim com pequenos detalhes, eu usei uma outra máquina de linha com 3RL fechada ou seja, sem modificá-la abrindo ela com o isqueiro. A marcação da sombra do rosto dela, marquei com o sumie (para saber mais sobra marcação, dá uma olhada no primeiro post q eu fiz sobre marcações).
A máquina q eu usei a 8RL foi feito por um amigo meu,  já a máquina que eu usei para a linha 3RL e marcação, foi uma sunskin evolution.






Finalizado as linhas, vem a fase das sombras.
Para se começar a fazer as sombras, é muito importante saber aonde vão as sombras, por isso o auxilio de referencias ou mesmo desenhar e planejar antes aonde estarão as sombras, facilitará muito o processo e evitará possíveis erros.
Para essa fase, usei uma maquina rotativa da Electric Ink (sublime). Uma máquina q eu considero bem rápida e de fácil aplicação. Usei apenas o preto linha, sem auxilio de sumies ou qualquer diluente. Novamente, usando apenas a força da própria mão deixando mais escuro algumas áreas forçando um pouco mais ou clareando deixando apenas as pontas das agulhas "rasparem" na pele. Lembrando que para se conseguir um esfumaçado claro, tem que passar as agulhas bem superficiais mas várias vezes, até a pele ficar avermelhada com um tom escuro de cinza. Logo eu posto um pequeno video pra exemplificar melhor.
As lágrimas escorridas eu usei a maquina de linha com 8RL, assim com alguns detalhes pequenos.


Para as cores, voltei a usar a maquina rotativa.
Na cor da pele, usei uma cor chamada Pele Bebe misturada com um pouco da cor chamada Natural. Nessa fase, eu passei com a máquina por cima da rosa, não me preocupando com as linhas dela pois a cor não vai cobrir essas linhas. Nas áreas de maior volume, ao invés de usar branco, deixei vazado a pele, assim evito usar branco e futuramente amarelar esse branco. Eu apenas aplico branco em alguns poucos brilhos como olhos, ponta do nariz e lábio inferior.
Nos olhos, apliquei magenta com um pouco de violeta, nos lábios vermelho cereja, maquina e olhos, marrom claro e Cor Areia.  Nas estrelas amarelo Ouro e no fundo, Lilás.
Todas essas cores eu não usei nenhum tipo de diluente ou mesmo água, qualquer mudança do valor das cores foi apenas no movimento da maquina ou aumentando a força da mão ou diminuindo.



Eu sempre digo nos workshops que o desenho sempre será algo a parte. Tem pessoas que sabem desenhar outras não e muitos acham que sabem. Desenhar facilita e muito no processo todo, nos dá libertade e entendimento de processo como linhas, luz e sombra e cores. Saber desenhar acrescenta no processo todo da tatuagem...desde a criação até a execução final da obra.

Vou postar também idéias e dicas importantes de desenho, não apenas de tatuagem.

Bom, é isso! Espero que gostem e comentem pois assim saberei conduzir melhor esse blog.
Grande abraço a todos e vamos evoluir 1% ao dia, mas todos os dias!



Don Rodrigues Tattoo (11) 3051.3806
Lado B Estudio (11) 3476.1259

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Passo a Passo Tattoo Elefante Indiano

Olá pessoal! Vou postar aqui um passo a passo e tentar explicar um pouco como eu a fiz!

A idéia era fazer um elefante indiano para tatuar no peito... entao, a primeira coisa a se fazer, era procurar referencias de elefantes indianos... lembrando que é bom fazer pesquisa para não se tatuar um elefante africano por engano, por exemplo.
Como a area (o peito) é uma região em forma de círculo, fiz o desenho nessa composição, de perfil, para que ficasse bem em sua harmonia com o local.

Procurei primeiro desenhar o elefante, procurei decorações típicas para esse desenho e acrescentei uma mandala simples no fundo... embaixo do elefante, para não acabar o elefante do nada, fiz um adorno floral...













Depois de feito o decalque, comecei a fazer a tatuagem com uma maquina forte para linha usando 8RL aberta (com isqueiro) e preto linha. Em alguns pontos da decoração do elefante e na mandala, fiz o mesmo sumir do ultimo post e marquei essas linhas para que depois pudesse refazer as linhas coloridas... Uma maneira de não deixar a tatuagem tao poluída com linhas pretas.











Nessa próxima fase, com uma maquina de pintura usando 9MG, fiz a sombra sem auxilio de nenhum diluente... apenas a força da mão. Para tentar imaginar melhor o processo, é o mesmo que pintar com lápis de cor...quer mais escuro força mais e concentra mais o espaço da pintura em compensação se quiser mais claro, mais superficial será a pintura, raspando apenas as pontas das agulhas. Engana-se quem imagina q pintar superficialmente várias vezes no mesmo espaço fique escuro. Na verdade a pintura fica mais homogênea mas não escura. Agora, se forçar na agulhada, aí sim, fica escuro...






Finalizado a sombra, comecei a pintar usando a maquina de linha novamente, para refazer as linhas que eu havia deixado com sumie. As linhas da mandala assim como algumas outras dentro do elefante em vermelho. Outras em verde... enfim...
Depois de ter feito as linhas coloridas, voltei para a magnum de 9 e pintei o elefante, "atropelando" as sombras e muitas linhas. A cor usada foi o cinza azulado... O adorno floral em amarelo Ouro... o fundo com um Lilás.

Uma tattoo simples mas que gostei muito em fazê-la. Espero que gostem do Post e comentem.

Um grande abraço a todos e vamos evoluir... 1% por dia mas todos os dias!



Don Rodrigues Tattoo (11)3051.3806
Lado B Estudio (11) 3476.1259